refrao

Ele: Como é que uma coisa assim machuca tanto e toma conta de todo o meu ser? E agora? Que faço eu da vida sem você? Você não me ensinou a te esquecer… O que aconteceu pra você partir assim? Se te fiz algo errado, perdão! Volta pra mim!

Ela: Você jogou fora o amor que eu te dei. Os sonhos que sonhei. Isso não se faz! Rasgue as minhas cartas e não me procure mais, assim será melhor, meu bem!

Ele: Não faz assim! Que o ciúme é traiçoeiro e faz o amor maneiro se acabar! E agora estou sozinho precisando de você… E você não está por perto pra poder me ajudar!

Ela: Eu sei que você gosta de brincar de amores… Mas ó: comigo não! Comigo não!

Ele: Eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir! Oh, eu te amo! Ohhh eu, te amo… O meu sangue ferve por você!

Ela: Como é que posso me livrar das garras desse amor gostoso?  Você abusou! Tirou partido de mim, abusou. Nem estou dormindo mais, já não saio com os amigos…Sinto falta dessa paz!

Ele: Me abraça, me beija…Me chama de “meu amor”… Não adianta nem tentar me esquecer. Durante muito tempo, em sua vida, eu vou viver…

Ela: Eu cresci, agora sou mulher.  Hoje eu quero sair só. Chega de tentar dissimular e disfarçar e entender o que não dá mais pra ocultar… Eu ando tão triste, eu ando pela sala. Eu não moro mais em mim… As vezes eu quero chorar, mas o dia nasce e eu esqueço…

Ele: Meu amor, se você for embora, sabe lá o que será de mim! Tô fazendo amor com outra pessoa, mas meu coração vai ser pra sempre seu…

Ela: Há uma nuvem de lágrimas sobre meus olhos e  eu tenho feito de tudo pra me convencer e provar que a vida é melhor sem você…

Ele: Diz que é verdade, que tem saudade… Que ainda você pensa muito em mim…

Ela: Fora tudo mais que eu penso, eu só penso em você. Só penso em você. Mas há muito tempo eu vivi calada e agora resolvi falar. Com você não posso mais ficar, não! Não posso mais ficar, não, não não!

Ele: Eu não posso deixar que o tempo te leve jamais para longe de mim, pois o nosso romance, minha vida, é tão lindo.  Amor igual ao teu, eu nunca mais terei. É um amor que eu nunca vi igual… E eu não vou saber me acostumar, sem tuas mãos pra me acalmar, sem teu olhar pra me entender, sem teu carinho, amor, sem você…

Ela: Mesmo querendo, eu não vou me enganar! Eu conheço seus passos, eu vejo seus erros…

Ele: Daqui pra frente…tudo vai ser diferente…

Ela: Mas tudo que eu sei… Não dá pra disfarçar… Dessa vez doeu demais…

Ele: Eu te proponho… Não dizer nada. Seguirmos juntos na mesma estrada… E eu que sempre fui tão inconstante te juro, meu amor: agora é pra valer… Olha, vem comigo aonde eu for… Seja minha amante, meu amor… Vem seguir comigo meu caminho? E viver a vida só de amor…

Ela: Jura? Que me dá o seu amor?

Ele: O amor só precisa de nós dois… Mais ninguém.

Ela: Então vem! Que eu conto os dias, conto as horas pra te ver… E se você me der o seu carinho sem ter fim… Pra você eu digo “sim”!

Anúncios