— Ok, mas que droga é essa?

— É ai que tá. Não é.

— Eu… Eu não estou conseguindo enxergar sentir nada! O que está acontecendo.

— Essa é uma ótima pergunta.

— O que? Onde você está?

— Lugar nenhum, toda parte… Não faz muita diferença aqui.

— O que está acontecendo?!?

— Francamente, nada em especial. Ah, você morreu. Acho.

— O que?

— Tipo, eu não tenho lá muita certeza, mas tem uma pá de vozes aqui que dizem que a última memória delas é um tiro, facada, doença ou algo nesse estilo.

— Então… Quer dizer que isso é o além vida?

— Até onde eu sei…

— Mas… Eu não sinto nada… só posso ouvir outras vozes…

— Yep.

— É Sério? Não tem mais nada que eu possa fazer?

— Bem, se você realmente estiver afim… Não junte um grupo formado por ninguém nem parta para a Floresta do Nada. Se você conseguir atravessá-la você não vai encontrar uma caverna. Dentro da caverna que não existe, você não enfrentará um dragão feroz. Depois de não derrotar o dragão você não deve quebrar o antigo selo, que não o conduzirá a um baú do tesouro cheio do mais esplêndido nada de todo o reino não-existente. Parabéns.

— … Eu estou a menos de cinco minutos aqui e já te odeio.

— Bem vindo ao clube.

— Olha… Eu tinha visto muitas visões do inferno… Mas um facebook eterno sem imagens, músicas ou gifs. para se distrair e nenhuma forma de ficar perto do seus amigos ou formar comunidades… Pata que o partiu, parabéns Senhor, você se superou mesmo.

— Eh, sim, basicamente isso.

— Aff… Essa vai ser uma eternidade longa…

Anúncios